Find better matches with our advanced
matching system

—% Match
—% Enemy

Pretor

28 M São Paulo, Brazil

I’m looking for

  • Girls who like guys
  • Ages 25–35
  • Located anywhere
  • For new friends, long-term dating, short-term dating

My Details

Last Online
Sep 16
Orientation
Straight
Ethnicity
White
Height
5′ 7″ (1.69m)
Body Type
Average
Diet
Smokes
Sometimes
Drinks
Very often
Drugs
Sometimes
Religion
Atheism
Sign
Education
Graduated from university
Job
Entertainment / Media
Income
Relationship Status
Single
Relationship Type
Offspring
Doesn’t have kids
Pets
Speaks
English (Okay), Portuguese (Fluently), Spanish (Okay)

Similar Users

My self-summary
Write a little about yourself. Just a paragraph will do.
É melhor começar do começo: No início a única coisa que existia era o nada, mas o nada existindo já fazia a sua própria existência ser um paradoxo que muitos filósofos e físicos insistem em decretar como motivos para seus suicídios... Não, voltei demais...

Em algum momento da minha vida decidi ignorar completamente os conselhos de meu pai em me tornar um "homem dono de mim mesmo" - acredito que o principal motivo é porque sempre me considerei meu, logo, não fazia o menor sentido o conselho dele -, e decidi passar fome sendo jornalista.

Para minha grande surpresa, não só não passei fome como adquiri uma semi-cirrose aos 23 anos (ela vai bem, obrigado por perguntar!) e a conta mais cara de bar que já paguei na minha vida - que alguns insistem em chamar de "Faculdade".

Ah, eu gosto de longos passeios pela praia de Omaha ao som de canhões e jantares à luz de velas em porões de Amsterdã.
What I’m doing with my life
Don’t overthink this one; tell us what you’re doing day-to-day.
Muito profunda essa questão e você nem me chamou para dançar ainda, Sr. OkCupid. Para um site de relacionamentos você não manja nada, heim!?
I’m really good at
Go on, brag a little (or a lot). We won’t judge.
"Digressão" poderia ser meu nome do meio, mas não é... O que é uma pena, já que eu sou muito bom nisso. Porém, quando paramos para pensar: ser bom em algo, hoje em dia, não lhe dá o direito de transformar isso em seu nome. Eu acho...
The first things people usually notice about me
I’m an empty essay… fill me out!
"Nossa, como você é prolixo!". Bom, na verdade isso é o que eu espero que pensem... Mas acho que a real é "caralho, alguém faz esse imbecil calar a boca" para logo em seguida "não, calma, ele tá falando algo sobre o Colisor de Hadrons e marmotas, vamos ver até onde essa relação vai..."
Favorite books, movies, shows, music, and food
Help your potential matches find common interests.
Esse é aquele típico papo "listas" que, assim que eu começar, ficarei dias pensando nisso. O que consumirá as poucas horas que tenho de paz, e eu terei de voltar aqui, reeditar, repensar... Vai ser um saco isso...

Mas eu adoro Calvin & Haroldo.

Porém...

Quando eu paro para pensar nisso, eu gosto muito de Calvin & Haroldo, mas é o suficiente para ser a única citação neste campo? Não há nenhum outro livro, filme ou música que eu preferiria ali? Pô, eu adoro Eu Sou A Lenda, mas Moon foi tão foda... Assim como Melancolia, porém, o show do Faith No More também merece seu lugar.... Se bem que o Tópicos Especiais em Física das Calamidades daria um toque "misterioso" à lista...
The six things I could never do without
Think outside the box. Sometimes the little things can say a lot.
Os números 1, 2, 3, 4, 5 e 7. O resto é irrelevante. Sério.
I spend a lot of time thinking about
Global warming, lunch, or your next vacation… it’s all fair game.
Coisas. Cara... Como eu penso sobre "coisas". Eu fico impressionado o quanto isso ocupa a minha mente.

É sério. Já pensei em tantas coisas que chegou a um ponto que eu já não tinha muito ideia de que tipo de coisa estava pensando e, quando dei por mim, estava terminando a "faculdade".
The most private thing I’m willing to admit
I’m an empty essay… fill me out!
Eu...
....
Odeio...
...
Ahhh, eu não consigo.

Ok, calma.

Eu só preciso respirar um pouco.

Okay....

Vamos la, de novo:

Eu...

Odeio...

Me....

ARRGHHHH! Saco.

É um tema muito difíicil, é o tipo de coisa que a sociedade condena completamente e uma vez dito, não há como "desdizer".

Mas foda-se!

É isso ae! Foda-se mesmo! Você não é minha mãe! Não manda em mim! Eu faço o que eu quiser!